Gestão de riscos ocupacionais na Petrobras

20080905031400_DSC_0206O higienista Roberto Jaques destacou a mega-estrutura da Petrobras, salientando a importância atribuída à gestão da Segurança, Meio Ambiente e Saúde Ocupacional-SMS, refletida na sua inserção entre os valores da companhia, no Planejamento Estratégico da Empresa para 2020, bem como na presença do Gerente Executivo de SMS em determinadas reuniões do Comitê de Negócios da Petrobras, constituído pelos Diretores.

E disse que o programa de higiene ocupacional (HO) da Petrobras, está inserido na gestão corporativa da saúde ocupacional e tem sustentação na padronização dos seus procedimentos, na capacitação das pessoas em práticas de higiene ocupacional e na informatização das suas atividades e da sua gestão.

O SD2000 Plus na gestão de riscos ocupacionais

O higienista salientou a diversidade de documentos normativos/legais que a informatização deve atender: diretrizes e portarias ministeriais, leis, decretos e instruções normativas que tratam do PPP, do NTEP/FAP, da GFIP e da aposentadoria especial, além das NRs, de 15 diretrizes da Petrobras, dos padrões operacionais e dos anexos técnico e de preceitos da CLT, todos freqüentemente alterados e/ou revisados.

E, para melhor compreensão do processo de informatização, Roberto Jaques disse que o acesso ao SD2000 Plus é feito através da intranet da Empresa, sendo possível visualizar os mais de 500 PPRAs existentes, acrescentando que hoje, os usuários do SD2000 Plus são os higienistas e os almoxarifes mas o profissional de RH deve ser usuário do software, com senha para o controle dos treinamentos (conservação auditiva, proteção respiratória e proteção da pele), a emissão do PPP e a caracterização do código GFIP.

Sobre os dados, o higienista disse que o  SD2000 Plus atende plenamente ao indispensável registro dos resultados contemporâneos e históricos das exposições, tanto nos Grupos Homogêneos de Exposição(GHEs) ativos quanto nos desativados, bem como ao registro no histórico funcional de cada empregado, da sua movimentação em todos os GHEs a que pertenceu.

Em relação à integração do PPRA e PCMSO, disse que o SD2000 Plus atende, também, à necessidade de que os dados das avaliações contemporâneas estejam lançados nos GHEs ativos e que as lotações atuais estejam associadas aos GHEs ativos. E acrescentou: “nas Unidades onde o lançamento dos dados foi concluído no SD2000 Plus, o PPRA e o PCMSO, andam de mãos dadas, eletronicamente”.

Concluindo, Roberto Jaques elencou os produtos que podem ser extraídos do SD2000 Plus na informatização da gestão de riscos:

– integração do PPRA e do PCMSO;

– gerenciamento de EPIs;

– geração de LTCATs e PPPs;

– facilidade de demonstração de evidências, nas auditorias do Ministério do Trabalho, do Ministério da Previdência e da OHSAS 18.001,

– geração de indicadores de desempenho e de gestão da Higiene Ocupacional.