Gestão & Saúde

5 riscos de acidentes no ambiente de trabalho e como evitá-los

Escrito por portalglauco

Da mesma forma que um atleta sofre uma contusão, centenas de milhares de pessoas estão sujeitas a sofrer um acidente dentro do ambiente de trabalho.

Diante dessa realidade, gestores fazem de tudo para evitar o transtorno, tendo em vista os prejuízos causados tanto pelos afastamentos quanto possíveis processos judiciais.

Na linha preventiva, ações de conscientização são apresentadas em eventos, como o da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Sabendo-se que a informação é uma grande aliada, vamos apresentar neste post 5 riscos de acidentes e como evitá-los. Venha com a gente e aprenda mais!

1. Riscos ergonômicos

Ergonomia é explicada pelo estudo científico das relações entre o homem e a máquina, com foco na segurança e eficiência nas atividades.

Portanto, o risco ergonômico acontece quando o trabalhador exerce funções que sobrecarregam o estado físico, como o levantamento de muito peso, posturas inadequadas, esforços repetitivos, monotonia das atividades ou situações que contribuam com o estresse, como excessiva jornada e fortes pressões por resultados.

A dica para evitar acidentes é oferecer um ambiente saudável na empresa, com equipamentos ergonômicos e atividades que valorizem a qualidade de vida, como um alongamento antes da jornada, espaço para descanso, respeito aos direitos trabalhistas, promoção da saúde do trabalhador, enfim, o bem-estar precisa ser valorizado.

2. Riscos físicos

São as exposições que podem afetar na saúde do colaborador. Os exemplos são múltiplos, como ruídos, pressão, umidade, calor, vibração, radiações, entre outros.

O excesso de barulho, por exemplo, pode causar surdez, irritabilidade, distúrbios psiquiátricos, influenciando até mesmo em um indigesto processo trabalhista. A orientação é não só orientar como também fiscalizar o uso de equipamentos de segurança — os EPIs —, que amenizam os impactos.

Também é importante evitar que as exposições aconteçam por longos períodos da jornada diária, ou seja, criando escalas diferenciadas para cada funcionário. O isolamento das máquinas é outra medida preventiva.

3. Riscos biológicos

Os riscos biológicos acontecem quando os trabalhadores atuam em empresas que fazem pesquisas em laboratórios, como na produção de medicamentos ou universidades, ficando expostos a vírus, bactérias, parasitas ou fungos.

Além disso, corporações que não realizam uma devida higienização nos ambientes de trabalho também podem sofrer acidentes nessa área, pois aumenta o risco de contágio de doenças, como a gripe, por exemplo, transmitida pelo vírus influenza.

A dica é exigir a correta higienização dos colaboradores, principalmente antes de entrar em locais onde os riscos de exposição são maiores. Uso de toucas, luvas, aplicação de álcool em gel são algumas recomendações.

4. Riscos químicos

Seja pela via respiratória ou pela absorção pelo organismo por meio da pele ou até mesmo por uma ingestão, diversas substâncias químicas podem causar sérios acidentes.

Muito comuns nas indústrias, os riscos desta natureza podem agir de maneira silenciosa, já que névoas, neblina e poeira podem esconder contaminações por substâncias tóxicas, corrosivas, entre tantas outras.

Sistemas que protegem o funcionário, uso de EPIs, como máscaras e roupas com revestimentos especiais, além de barreiras de contenção são algumas medidas preventivas. Seguir as normas de segurança, respeitando todos os processos, é imprescindível.

5. Riscos de acidentes

Esse item é referente a qualquer situação de risco que possa causar um acidente com o trabalhador, como nos casos de insalubridade.

Podemos citar possíveis explosões, incêndios, quedas, perda de um membro ao operar erroneamente uma máquina, colisões, queimaduras, entre outros.

A dica é o uso dos EPIs, sinalização correta nos locais de risco, checagem dos equipamentos e máquinas antes de começar a operar, constantes treinamentos e total atenção ao longo do dia a dia, verificando os riscos e tomando atitudes preventivas.

Agora que você já sabe sobre os riscos de acidentes no ambiente de trabalho, siga a gente nas redes sociais (Facebook e Linkedin) e receba sempre informações interessantes sobre o mundo corporativo!

Sobre o autor

portalglauco

Deixar comentário.

Share This